Se gosto tanto da Bahia, muito desse amor é culpa desse cara aí! O Dudu. Ou o Baiano. Baianêra! Grande amigo e colega desde os tempos de publicidade na PUC, companheiro das bagunças, de projetos, de tours paradisíacos e dos campos futebolísticos desse Brasil. Rs! O Dudu e sua família me recebem no melhor da hospitalidade baiana desde o longínquo carnaval de 1998! Ano vai, ano vem e lá estou eu fazendo minha visita a essa terra de sol quente, praias inesquecíveis, gente boa e muito descanso! A Bahia sempre me fez bem! E dessa vez me deixou realmente muito feliz!

É… existem trabalhos que são especiais por natureza. E fotografar o casamento desses dois, foi como fotografar o casamento de meu próprio irmão! Me alegrou muito poder acompanhar de perto esses momentos tão especiais e sentir o quanto ele e a Michelle estão realmente no caminho certo! Muito bom saber que, nesse casal, o amor encontrou a tranquilidade e a calma baiana para ali ficar durante uma vida toda… daquele jeito… beeem sossegado!!!

E tenho a certeza de que de tempos em tempos estaremos juntos novamente, para poder renovar essa amizade e a extender a nossas próximas gerações, que terão o prazer de viver nesse delicioso intercâmbio, Minas-Bahia. Aproveitando o melhor desses dois ricos mundos!

E como dizem por aí meus queridos, “foi massa”!!! Valeu demais por tudo, mais uma vez! E espero de coração que a vida lhes traga muito mais da alegria desse grande dia!

Um grande abraço!

Cabelinho.

P.S. especial: Agradeço muito, também, a meu grande amigo e companheiro de fotos, Alyson Luiz de Carvalho, que topou, sem pestanejar, me acompanhar nessa jornada!!! Valeu demais, companheiro! Pode saber que sua companhia e ajuda foram essenciais! E algumas das fotos abaixos são suas, ok!? E estão devidamente creditadas! rs! Brigadão!

  

Anúncios

Felicidade Constante

fevereiro 3, 2011

 

Balsa e pensamentos.

 

 

Vi essa lista no Blog da Riguardare, que descobri recentemente e achei muito interessante. Gostei tanto das idéias apresentadas nela  que resolvi dividi-las aqui com meus queridos leitores. Resumindo, é uma lista feita por 4 amigos enquanto conversavam a respeito da “construção da felicidade” em uma mesa de bar (mas poderia ter sido formulada em qualquer outro lugar propício a conversas bem profundas), e chegaram a uma conclusão muito interessante, na qual também acredito: “fica mais fácil mantermos o foco na construção da felicidade quando a sentimos de forma constante – ainda que não muito intensa“.

E pensando nas maneiras de sentir essas pequenas ou grandes felicidades no decorrer dos dias, chegaram a essa relação de atitudes que têm o poder de desencadear a sensação desejada na maior parte das pessoas. Já estamos no segundo mês de 2011 e se você não fez nenhuma lista de mudanças para esse ano que chegou, fica aí a dica. Se bem que sempre é tempo de começar a ser feliz!

Espero que gostem assim como eu gostei. E que tentem pratica-las também, assim como venho tentando.

Abraço amarelo.

001) Desafie a você mesmo com algo que jamais tenha feito;
002) Diga para alguém que você a ama;
002) Saia de casa para conhecer um lugar novo;
003) Separe um tempo para conversar com pessoas inspiradoras;
004) Busque cheiros que te agradem – e os memorize;
005) Entenda que tudo tem um fim – olhe ao seu redor e identifique os ciclos encerrados;
006) Medite
007) Perceba as coisas engraçadas e não segure o riso;
008) Deixe, deliberadamente, de comprar algo e guarde o dinheiro na poupança;
009) Converse com alguém que, normalmente, você não conversaria;
010) Demonstre gratidão;
011) Brinque longamente com uma criança;
012) Limpe a sua própria casa, um pouco a cada dia;
013) Vista a sua roupa favorita;
014) Coloque algumas flores na sua casa, num local bem evidente;
015) Faça algo que te lembre a sua infâcia;
016) Passe um dia inteiro apenas com você;
017) Faça um pique-nique com uma pessoa especial;
018) Faça algo que vinha adiando;
019) Perdoe alguém – principalmente você mesmo;
020) Passe 24 horas desconectado de todas as mídias;
021) Descubra sensações táteis que lhe sejam agradáveis – toque em várias texturas e as grave no cérebro;
022) Presenteie alguém sem que exista um motico para isso;
023) Siga sua paixão;
024) Cerque-se de pessoas positivas – sejam elas reais ou virtuais;
025) Passe algum tempo com um bom amigo;
026) Deixa de lado as lembranças negativas;
027) Confie no seu instinto;
028) Dê uma festa;
029) No mesmo dia, observe o nascer e o pôr do sol;
030) Olhe longamente para algo que te traga felidade;
031) Faça algo que sempre desejou, mas nunca experimentou;032_
032) Estabeleça um novo hábito – um bom hábito;
033) Faça uma boa ação para um conhecido e para um desconhecido, no mesmo dia;
034) Releia um livro que você gostou;
035) Prepare um milk-shake;
036) Escreva ou adote um mantra (do sânscrito Man mente e Tra alavanca);
037) Mude sua rotina;
038) Revisite fotografias antigas;
039) Faça novas fotografias e guarde-as bem;
040) Alongue o seu corpo;
041) Desafie o seu cérebro – experimente palavras cruzadas ou sudoku;
042) Conte para alguém os seus sonhos;
043) Transmita os seus conhecimentos para alguém que você conheça bem;
044) Agradeça ao seu Deus pela sua Vida;
045) Persevere: tente mais uma vez aquilo que você deseja;
046) Faça um passeio de bicicleta;
047) Pegue o telefone e ligue para alguém com quem você não fala há muito tempo;
048) Estabeleça uma meta;
049) Alimente patos no parque público;
050) Pense nas suas conquistas do passado;
051) Entre em contato com a natureza;
052) Evite pessoas pessimistas;
053) Desenvolva uma nova habilidade, aprenda algo diferente;
054) Escolha ser feliz todos os dias, logo que acordar.

Amigos em Minas

setembro 30, 2010

Recebi esse ano, aqui em casa, um casal de amigos baianos.

Ele, meu grande irmão Dudu, vulgo "Baiano"! rsrs! E ela, Michelle. Sua namorada de Caravelas.

Claro que a temporada por aqui, incluia visitas a belos lugares dessas Minas Gerais, uma vez que ela nunca tinha estado nessa terra de muito frio. Pelo menos, naqueles dias... rsrs!

Meu amigo, Baiano, é meio avuado...

E não é muito pé no chão! rsrs!

Por isso é bom ter alguém que dê uma forcinha!

Nosso dia começou com uma paradinha no Topo do Mundo...

e seguimos estrada até Inhotim. Impressionante!

Inhotim é o novo tesouro dos belorizontinos.

E merece toda a nossa atenção.

Seu paisagísmo encanta...

... e favorece os corações apaixonados!

Arte dentro da arte.

Cisnes negros não são pra qualquer um, não.

A bela luz do fim da tarde.

Lá dentro, o som do centro da terra.

Aqui fora, o som de dois corações que batem sem muita pressa. Espero vocês aqui de novo de portas abertas.

Casamento a vista!!!

Recortes Baianos

janeiro 27, 2010

Novamente, uma combinação que me diverte: Bahia e minha 50mm! E dessa vez, nem levei as outras objetivas! Foram alguns dias de descanso, boa comida, boa companhia, boa conversa e boas energias. O suficiente para recarregar minhas baterias para esse ano de Copa do Mundo!

Como já havia postado aqui antes, estava com saudades de fotografar apenas para mim. E vou manter meu plano de fazer dessas uma constante em 2010. Podem acreditar!

Nessa seleção, mais objetos inanimados do que gente animada.

Afro-lixo

Curva do cais

Poste escuro

AtenCão

Cordas Correntes

"pópópópópó..."

Chão de Carangueijos

Dois nos correios

New Curves

Beba

Biri-poker

Desce mais uma...

...

Casa de Dotô!

Carasvelas

Madrugada no cais

Sobre o mar

Falésias

Arroz, Camarão e Banana da Terra.

Intervalo

fevereiro 25, 2009

Duas imagens que fiz ainda na minha última viagem a Bahia. Ambas na cidade de Caravelas, que além de ser o ponto de saída da embarcações e dos turistas que vão em busca das belezas do arquipélago de Abrolhos, abriga também , detalhes preciosos da história do Brasil e cenas pitorescas em suas ruas estreitas de casarões e casebres. É lá que mora hoje, meu grande amigo Baiano e sua família! Que sempre me receberam de braços abertos e me ajudaram a ganhar esse carinho enorme por toda essa terra boa!

Passei meu carnaval em Patrocínio, onde estou desenvolvendo um trabalho registrando o ciclo do café do cerrado, logo logo postarei aqui algumas imagens para revelar mais um pouco das belezas dessa outra bela terra que a cada dia me cativa mais e mais com sua gente e sua história. 

 

Cais de Caravelas, BA.

Cais de Caravelas, BA.

 

Improviso da natureza

Improviso da natureza

Série arriscada!

fevereiro 18, 2009

Essa foi uma série de fotos muito  perigosas! Pelo menos para a minha câmera… para conseguir esse efeito, só mesmo encarando o marzão baiano! Ok, admito que o mar da Praia do Espelho não é assim, aquele agito de mar! mas eu o adentrei até ficar com a água na altura do peito. Um risco enorme para qualquer equipamento eletrônico que se preze. E como eu o prezo!!!

Inclusive, a alça da minha 40D conheceu o gosto do oceano atlântico num pequeno descuido. Mas acho que valeu o esforço! Sempre imaginei fazer algumas imagens assim. Com esse efeito submarino amarelo! 

 

Parece aquelas fotos feitas dentro de um estúdio, com piscina e fundo falso.

Parece aquelas fotos feitas dentro de um estúdio, com piscina e fundo falso.

 

Que vontade de jogar batalha naval!

Que vontade de jogar batalha naval!

Bela terra a vista!!!

Bela terra a vista!!!

Já estava a alguns dias viajando quando fiz essas fotos. Cabeça e corpo bastante descansados. Tenho tentado observar o quanto o nosso estado de espírito influencia na hora de fotografar. Tanto na escolha de um motivo, quanto na maneira como você o capta. Creio que muitas vezes, o resultado final de uma imagem possa vir carregado desse tipo de informação. Tentei manter ou potencializar, na edição, os sentimentos que me tomavam aquele dia. Acho que funcionou.

 

Essa bicicleta é sua? Posso fazer uma foto?

Essa bicicleta é sua? Posso fazer uma foto?

 

O mar estava bastante calmo esse dia. Eu também.

O mar estava bastante calmo esse dia. Eu também.

 

Atrás de uma bela mulher existe sempre a oportunidade de uma bela foto.

Atrás de uma bela mulher existe sempre a oportunidade de uma bela foto.